Postagens populares

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

A PODER DE PALAVRAS




O que somos a poder de palavras?
Penhascos além do tapete,
Vaidades convexas/cavas.

Mesa descomposta por brigas.
Isto é Cabral, aquilo é Haroldo.
Este é poeta, aquele é bicha.
O café sorvido pela glosa
Das igrejas fixas.

E no entanto se renova
O fato úmido na alma tímida

De amar o pó das asas
Dos anjos caídos
Postar um comentário