Postagens populares

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

EU SOU DOIDO


Está rindo por agora?

Você vai ver, eu te lasco,

E terei sorte lá fora

Cheirando a tenro churrasco.

Vou ser como Bora Bora

Que só fez som do fodástico.




Você vai ver, dor de ouro,

Vou ser bom qual mago “chin”:

Vou fazer brotar tesouros

De solo ao sul de Pequim,

Onde fazem mil agouros

Por eu me afastar de mim.




Vou fazer dez mil sonatas

Pra um caminho em Compostela.

Por seres Dor, estafada

Deidade medieva.

...Eu sou doido? És doída!

Mas és dor que o poema envida.
Postar um comentário