Postagens populares

sábado, 15 de fevereiro de 2014

CAVERNA DE "PRATÃO"

Estava conversando 
na Caverna de "Pratão".
Prisioneiro, disse Pratinho, 
somos de nós mesmos,
Grutas de Falópio 
que almejamos (estava bêbado),
O que vemos 
são sombras dos outros
(Estava filosofissêmico).


Ele me disse das duas faces.
Uma assim outra assado.
O que nos prendem são os sentidos,
Dizia.
E eu olhava sentidamente
Sua filha de dezessete anos
Que brincava com fogo
Na Vila Erótica
Dentro de um armário de gelo.
Ela perguntava repetidamente
Alguma coisa com sentido
Tipo o que é real o que sabemos
Qual o sentido da seta
Quando acabam de brincar
Os profetas
O que fazem os cegos?
Quando Tirésias
matou a cobra,
mostrou o pau?
Postar um comentário