Postagens populares

domingo, 4 de maio de 2014

PARAR OLHAR E SEGUIR

Meus ombros cresceram
Com sombras de aparo.
Castelos caíram.
Outros mil subiram.
Dormi sobre seios
De vento e brisa.
Me serviram lendas datadas
Sem efeito sobre o pâncreas.
Apenas ficou a paciência
De parar e olhar e seguir
De parar e olhar e seguir...
Postar um comentário