Postagens populares

sábado, 9 de agosto de 2014

SEMPRE ESPERAM

Penélopes sempre esperam.

Sempre tecem.

E no dia seguinte destecem.

Ulisses sempre viajam.

E voltam.

O ralo do banheiro sempre enche.

E esvazia.

O teto sempre cai sob chuvas.

Mas a chuva passa.

É difícil encordoar o arco mas não impossível.
Postar um comentário