Postagens populares

domingo, 19 de outubro de 2014

O MITO ME ABRE AO NADA

O mito me abre os olhos
mais que ao fato
à faca-dicionária
cheia de orvalho

O mito me abre a alma
mais que ao sono,
é quando enxergo o signo
como não-ser

O mito me abre o corpo
da palavra,
é quando só com meu nada
posso lavrá-la
Postar um comentário