Postagens populares

domingo, 19 de outubro de 2014

PEDAÇO DE FOME

Pedaço de uma fome qualquer
e com sede
vai com cesto ao rio-mar
buscando estilo
mas o estilo é uma velha lenda
que o poeta copia
e preso fica ali
sem pérola própria
com cesto cheio de furos

Mas o que é a poesia?
O que é o é?

Vou comunicar:
não agora
que estou com palco
proibido ao real
e com uma voz-cópia

Eu queria fazer um poema sobre a poesia
mas nunca fui até ela
ela é que veio até mim
sem pedir licença
pra engomar minhas roupas
da primeira vez me enterrou
minha mãe não teve tempo de me pentear

Quando vi a flor da poesia, ela despetalou minha interioridade
mas era cópia de uma cópia de uma cópia
de um escritor com estilo e que não muda nunca
Postar um comentário