Postagens populares

sábado, 19 de novembro de 2016

VITAL POEMA TAL

Fazer um poema vital

é pegar a vida, tocar, cortar,

doer e ser no papel

o que seus sonhos nunca sonharam

que você fosse.


E quando acabar, surpreender-se

com uma face ao espelho

toda enluarada de sol,

transgredindo, 


ao pichar nos olhos afiados

a enviesada carne.

Acabar?
Postar um comentário