Postagens populares

sexta-feira, 26 de abril de 2013

LAVADEIRA DA MINHA INFÂNCIA EM REPRISE

Lava lava lavadeira da minha infância em reprise
Lava lava lavadeira os cernes das minhas crises

Lava lava lavadeira o fundo dos meus aclives
Lava lava lavadeira o ser-sem que é corvo/cisne
De tanto peso nas curvas dorme por um triz e tisne
o triste
Lava lava lavadeira meus pensamentos in/firmes
Ao te ver curvando o sonho e quadris ao rés do rio
Lavo lavo lavadeira minha virtude no crime
De tontos desregramentos
Lava lava lavadeira meu resto em tuas bacias
Teus meios lava lava lavadeira nos teus céus
Os meus infernos
Lava lava lavadeira meus olhos minhas olheiras
Pois se por fora eu rio por dentro solto o berreiro
Por teu cheiro em peixe e água impossíveis
Postar um comentário