Postagens populares

sexta-feira, 17 de maio de 2013

INFINITOS NUS DI/VERSOS

A nudez de Manoela
suas coxas de alabastro
tão potentes quanto belas
torna poeta ao poetastro
A nudez de Aparecida
seus peitinhos de pelica
tão redondos quão bicudos
torna macho ao que trupica
A nudez de Raimunda
sua bunda infinitude
tão cachoeira com mistérios
quanto mais rebola ilude
A nudez de Guilhermina
sua cinturinha plena
como um cálice de vinho
a nosso medo apequena
A nudez de Luciana
sua coxinha lisboeta
banhada em puro azeite
nos livra da má careta
Abre Júlia Oliveira
suas graças fechadinhas
apimentadas nos meios
docinhos bem nas pontinhas
Descendem das gregas musas,
filhas de Mosine e Zeus,
vejo-as todas no banho...
Deus meu! Deus meu!
A nudez dessas mulheres
imaginei no universo
o tudo florindo o nada
útero do multiverso
CurtirMostrar mais reações
Comentar
Comentários
Natanael Gomes Alencar
Escreva um comentário...
Postar um comentário