Postagens populares

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

PRA PÁTRIA DE TUA CINTURA

Pra Pátria de Tua Cintura
O som do hino em minhas mãos,
Primitivo canto de gestos
Ciando.

À espera da libertação explosiva,
Quero meu poema como carinho
Derramado de olhar perdido
Sobre a cintura da Via Láctea.

Mas antes quero me perfilar
Ao teu olhar, Helena de Éfeso.
A pátria de tua cintura
Faz guerras em minhas mãos?
Postar um comentário