Postagens populares

terça-feira, 22 de agosto de 2017

TUDO COMO AS UVAS

Tudo passa, uvas passam.
Ilusão em poças frias,
E o tempo adentra a tasca,
Bebe a noite, come o dia.

O velho rosto no espelho.
É quando o duplo nos mente
E ilusórios tecidos
Enrugam-se bem de frente.

Dores de espelho derramas,
Tinhas beleza de alarde,
Hoje não mais a proclamas,

Pensas manhã, faz-se tarde.

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

RISCOS


Busquei criá-la num bom tamanho.

Ano passado, longe a caverna.

Sei que personagens são difíceis.

Então, olhei. Levei o dedo, teclei.

Criei a fonte maior que a moldura.

Sem detalhes. Fora do ar

Seu vulto com livre paisagem.

Eu me disse assim:

-Uma frase a não-ser sendo. Isso.

Superior beleza na ausência.

No hálito com dentifrício de ficção.

Nas axilas das letras crespas numeradas.

Nas varizes dos confusos períodos curtos.

Faço cons/letra/ções em sopas.

Pelo código súbito teço orvalhos.

Dos olhos em branco papéis faço,

Cozidos.

E embaralho o pensar pra que não finde

O mistério do existir em riscá-los.

AMORFA MÁSCARA

Amorfa máscara à cara,


Devendo elos, selando


A gula ácida da vala


Que o dia vai revelando.

O perfil flácido e perverso


Do ser dissimula a medida,


Embora o dentro o desdiga


O fora a si vê por mentiras.

sábado, 19 de agosto de 2017

Poemas infantis QUIMICA POETICA Amazon.com.br com AMOSTRA é só clicar



Poemas para Caes Amorosos la AMAZON.COM.BR com amostra é só clicar

https://www.amazon.com.br/Poemas-Amorosos-Natanael-Gomes-Alencar-ebook/dp/B074WMCB6K/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1503167629&sr=8-1&keywords=poemas+para+caes+amorosos+natanael



Detalhes sobre o produto

CHAGA DE LOBO

Aquele traficante 
agora trampa numa peixaria,
detesta carne e o peixe 
que ele come regurgita.
Gosta de folhas, 
come insetos 
e é ascético,
e está apaixonado 
por um animal doméstico,
quase de pelúcia, 
uma gata.
Só uns poucos sabem 
dessa chaga de alma.
É o último lobisomem 
daquelas plagas.
Todos o acham muito 
gótico e magro.
Gosta de arte, poesia, 
caipirinha, feijoada.
Prefere um sol bem cheio.
Ou uma lua pela metade. 
A lua cheia o enfada.
Os outros lobisomens 
dizem sem receio
que ao lado lírico 

puxou bem mais
da raça contumaz:
humana.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

TRISTE VERDADE

Imaginou o som de bandolins
ao notar a verdade solteira
triste na soleira.
Então, cantou como nunca cantara
uma canção nascida no útero
de outro século.
A verdade veio.
Se aconchegou
grávida de seguidores
natimortos.